O sucesso de sua empresa começa por um controle consciente que combine redução de custos com bons investimentos.

Diversas empresas fecham prematuramente devido à falta de cuidados em gestão básica, isso evidencia que planejamento, organização e gestão da informação devem fazer parte da sua rotina.

Uma empresa bem sucedida possui uma boa arrecadação, mas também possui custos baixos. De nada adianta aumentar seus ganhos se esses estão associados com um aumento exponencial nos seus custos.

O primeiro passo é buscar clareza dos seus gastos: onde, como e porquê você gasta. Documentar cada gasto, para posterior analise e compreensão profunda da gestão do seu negócio é fundamental.  Faça-se 3 perguntas simples:

  • Eu realmente conheço os gastos  do meu negócio?
  • Qual o impacto que a diminuição de cada um deles teria sobre as nossas atividades? Poderia trazer consequências negativas? Ou positivas ?
  • Quais investimentos posso fazer para diminuir meus custos futuramente ?

 

É preciso separar o que é Custo, Despesas e Investimento.  Simplificando podemos dizer que:

Custo é o valor de bens e serviços consumidos na produção, como por exemplo: matérias-primas, a mão de obra, a energia elétrica, entre outros.

Despesa é um bem ou serviço consumido direta ou indiretamente para a obtenção de receitas, como  por exemplo: aluguel, pró-labore, telefone, propaganda, impostos, comissões de vendedores, etc.

Investimento é uma aplicação de recursos, na qual há a expectativa de retorno financeiro futuramente, como  por exemplo: aquisição de novos computadores, software, treinamento.

 

Para iniciar a redução de custos  é necessário fazer a análise dos processos envolvidos na produção do serviço/produto, isto permitirá detectar atrasos, gargalos e desperdícios que corrigidos irão reduzi-los.

 

Alguns pontos para estudar e iniciar a redução dos custos.

1- Telefonia e internet

2-  Contas de água e energia

3- Papel e impressões

4-  Estoque mal planejado